Estar presente nas redes sociais é a garantia de estar mais perto do seu público, conquistar novos clientes e contar com uma estratégia de comunicação mais eficaz.

Com o desenvolvimento dessas plataformas de relacionamento, as pessoas possuem um perfil em mais de uma rede. Elas possivelmente podem ser novos consumidores e você não pode perder a oportunidade de estar mais perto deles.

O tempo que cada usuário passa na frente de um dispositivo conectado à internet aumenta a cada ano e isso é uma vantagem para quem vende ou presta serviços.

O relatório “Digital in 2020”, realizado pelo We Are Social e Hootsuite, constatou que:

  • São 150.4 milhões de usuários brasileiros na internet (71% da população);
  • Passam em média 4h41min na internet com seus dispositivos móveis;
  • Existem 140 milhões de usuários de mídias sociais ativos;
  • As pessoas passam em média 9h17min diariamente na internet;
  • 98% assistem vídeos online;
  • 36% escutam podcasts;
  • 39% utilizam ou escaneiam QR Codes com seus celulares;
  • 38% realizaram uma compra online com um dispositivo mobile.

Cada vez mais fácil de serem acessadas, as redes sociais se tornaram importantes para as empresas e prestadores de serviços. O impacto delas refletem nas decisões de compra e no reconhecimento da marca.

Você sabia que as redes podem ser usadas para além de propagar produtos? Elas podem ser um canal de vendas para o cliente, além de tornar consumidores em divulgadores do seu trabalho.

Estar presente nas redes sociais hoje, é tão importante quanto ter seu site otimizado para ser encontrado no Google. E, se você não está presente, essa mensagem pode ficar clara para o seu consumidor.

O cliente tem a necessidade de interagir com a marca, ver os seus produtos e utilização, fotos, vídeos, portfólios, novidades, dentre muitos outros.

Ou seja, não estar presente nas redes sociais, quer dizer que você perde vendas, potenciais clientes, vendas por indicação, espaço na concorrência e, consequentemente, dinheiro.

10 estratégias para atrair clientes com as redes sociais 

Já que as redes sociais são uma ferramenta importante de vendas e, principalmente, de comunicação com o cliente, é importante você conhecer algumas estratégias para atrair o público certo.

Praticamente, você pode investir em duas formas de atração, a direta ou indireta. Diretamente, são as marcas ou prestadoras de serviços que vendem seus produtos ou atividades pela própria rede social. Toda a jornada começa e termina dentro da rede, sem necessidade de sair desse canal.

Já a atração indireta é a propagação de produtos ou serviços através das redes sociais, com engajamento e branding, mas a venda é realizada fora dessa plataforma ou aplicativo. Em alguns casos, em lojas físicas.

Conheça as 10 estratégias para atrair clientes com as redes sociais que separamos para você:

1 – Relacionamento

O relacionamento com os clientes é o principal ponto de comunicação nas redes sociais. Responder uma interação é muito importante para aproximar-se do seu público e fortalecer essa relação.

O seu cliente se sente acolhido e bem tratado quando você interage. Além de, muitas vezes, servir para outras pessoas que também têm a mesma dúvida/sugestão/elogio ou crítica.

Aprofunde o seu conhecimento com o Curso do Parceiro da Construção:


Aliás, uma boa dica é separar por categorias a forma que você ou a empresa se relaciona com o consumidor – negativas, neutras e positivas.

  • Negativas: degradam a imagem da marca e podem gerar desconforto em outros usuários. O objetivo é responder imediatamente essas mensagens, de forma a resolver o problema ou ressignificar a visão do consumidor.
  • Neutras: não expressam opiniões ou comentários diretos sobre a marca. Mas vale responder todas, mesmo que sejam marcações de clientes.
  • Positivas: devem ser respondidas imediatamente. Essa reação fortalece o branding, além de gerar conversões e a fidelização de clientes.

2 – Engajamento

O engajamento é muito importante para atrair novos clientes nas redes sociais. É a partir dessa ação que novas pessoas podem se identificar com o conteúdo e criar uma relação com a marca.

Existem diversos exemplos na internet de marcas que geram conteúdos que engajam e formam uma comunidade em sintonia. Esse resultado vem do aumento de curtidas, compartilhamentos, outras interações e, como consequência, o aumento nas vendas.

O segredo está em ser autêntico, gerar valor, estar antenado às novidades.

3 – Público-alvo

É fundamental conhecer e definir o seu público-alvo. Quando tratamos diretamente a nossa audiência, o engajamento é maior e mais qualificado.

São assuntos do mesmo interesse (empresa- cliente), onde pessoas buscam um objetivo em comum. A definição certa do seu público-alvo engloba muitas informações sobre os hábitos de consumo, preferências, idade, sexo, poder aquisitivo, dentre outras informações relevantes para definir esse perfil.

Não definir o seu público-alvo tem como consequência gastar mais recursos e não ter o lucro esperado. A consequência de não ser assertivo com a comunicação para o cliente certo, pode trazer prejuízos a longo prazo.

4 – Conteúdo de qualidade

Sempre vai existir alguém que sabe menos que você e precisa do seu conteúdo. Por isso, gerar conteúdo de qualidade é fortalecer a relação entre a marca e o cliente.

Procure criar conteúdos diversificados para as redes. Instagram, Facebook, Whatsapp e blog são alguns exemplos que podem ser trabalhados de formas diferentes, mesmo que o tema central seja o mesmo.

5 – Invista em publicidade paga

Outra ação muito importante é investir em propaganda paga. Atualmente, os resultados orgânicos (alcance sem mídia paga) das redes sociais têm caído bastante, justamente para forçar os produtores de conteúdo pagarem pela promoção de anúncios.

Por isso é importante investir nesse tipo de promoção. Na própria rede social existe essa ferramenta. Lá é possível escolher o tempo, valor, definir o público, dentre outros.

Esse valor gasto pode voltar em novas vendas, aumento de clientes ou audiência qualificada para o negócio. Por isso é importante ter o seu público definido e ser assertivo.

6 – Chamadas criativas

Quando criar um conteúdo, seja para promoção paga ou orgânica, se esforce para ter uma chamada “matadora”. É esse tipo de título que vai deixar o público curioso para saber do que se trata o post. Essa dica é bem legal para ser usada em redes sociais como ponte para o blog da empresa ou negócio.

Utilize números, como por exemplo: 5 coisas que você não sabia sobre… ou 10 coisas que você deveria saber sobre, 3 benefícios do produto x para a sua casa, dentre outros.

Esqueça as chamadas batidas, aquelas que são do tipo: “clique aqui”, “Saiba mais”, “É só agora”. Seja criativo, apresente um problema que seu cliente possa ter e afirme que a solução está no blog ou no decorrer do texto.

7 – Tenha um blog

Não importa o tamanho da empresa e nem se você é um prestador de serviços, o blog é essencial e vale muito a pena investir nessa ferramenta.

Ele é um complemento do site ou até além disso, é porta de entrada para novos clientes, onde eles podem conhecer detalhes sobre a empresa, tirar dúvidas e interagir diretamente com a marca.

8 – SEO    

Caso você não esteja familiarizado com o marketing digital, pode ser que nunca ouviu falar em SEO. Essa palavra vem do inglês, que significa Search Engine Optimization ou Otimização para Mecanismos de Busca.

Esse é um trabalho de otimização de páginas na internet, como blogs e redes sociais para atrair clientes gratuitamente pelo Google.

Quando você faz uma pesquisa, os primeiros resultados – fora anúncios – são os sites otimizados. Essa ação trabalha os termos mais buscados pelas pessoas.

9 – Utilize o LinkedIn e Youtube

O LinkedIn é uma rede de negócios focada em gerar conexões e relacionamentos. Você que vende ou presta serviços pode usar a rede como uma fonte de informação para seus clientes.

Ele pode servir como recomendação pelos serviços, produtos e também o trabalho de marca. Seus contatos no LinkedIn podem te indicar para outras pessoas que buscam pelos serviços ou produtos que você oferece.

Já o Youtube é a principal plataforma para consumo de vídeos. Caso você perceba que o seu público se atraia por este tipo de conteúdo, vale muito a pena investir. Tenha o cuidado de fazer um bom vídeo, com um ambiente legal, com boa iluminação e que resolva a dor do cliente.

Perfil comercial

Você pode até ser um prestador de serviços, mas o ideal é ter um perfil exclusivo para o negócio ou empresa.

Mantenha o seu perfil pessoal ativo, reposte os conteúdos e gere também novos, mas os seus produtos ou serviços necessitam de exclusividade, ou seja, do perfil comercial. Dessa forma, você pode aproveitar e vincular site, blog e contar com outras vantagens.

Separar as contas, mostra mais profissionalismo e deixa claro para o cliente o canal de comunicação da empresa.

Quer aprender mais sobre gestão de redes sociais, outras dicas de atração, como usar cada rede e muito mais?

O Parceiro da Construção tem um novo curso para você: “Como atrair novos clientes com as redes sociais”. Aproveite e inscreva-se gratuitamente clicando no banner abaixo: