Montar um orçamento de serviços eficiente vai além de informar o consumidor sobre preços. Ele é importante para organizar o trabalho e gerir o seu tempo. 

Com uma boa execução é possível atrair o interesse dos compradores e, ao mesmo tempo, agregar valor ao negócio. Por isso, um orçamento eficiente e encantador se torna um diferencial competitivo.

Um orçamento é uma prática normal para prestadores de serviços. Ele é essencial para que os clientes tomem decisões a partir de uma série de preocupações que engloba preços, materiais, datas, dentre outros. A partir disso é possível avaliar as demandas e se cabe no capital.

Por isso o seu orçamento deve ser o melhor, o mais atraente e que, principalmente, não deixe dúvidas. Quer saber como fazer isso? Então fique ligado neste artigo. Você também tem a chance de fazer o curso do Parceiro da Construção: “Como montar um orçamento de serviços eficiente?”.

Como um orçamento mal feito pode atrapalhar o seu negócio

Tome o lugar do contratante, troque de lugar com ele agora. O que você espera de um orçamento? Somente o preço do serviço?

lembre-se de atrair o cliente. O seu concorrente pode estar pensando nisso e estar à sua frente. O documento deve contemplar, não somente o custo, mas também deve deixar claro os benefícios e vantagens dos serviços prestados.

Ainda na cadeira do cliente, você fecharia negócio a partir de um orçamento de serviços completo, que não deixa dúvidas e mostra os benefícios ou aquele feito em um simples papel, somente com o custo final?

O seu orçamento é a porta de entrada para novos consumidores, além de cativar aqueles que já o conhecem. É necessário transmitir seriedade, profissionalismo e segurança aos clientes. Pense que essa tarefa pode provocar aumento nas vendas, novos negócios e te apresentar como um profissional melhor do que a concorrência. 

Você acredita que o seu orçamento de serviços é eficiente ou ainda pode causar dúvidas aos clientes? Você o enxerga de forma profissional ou ainda parece amador?

Não se esqueça que este documento deixa ambas as partes (cliente – empresa) por dentro de todos os detalhes. Quem contrata tem ciência da data de entrega, etapas, materiais utilizados, condições de pagamento, entre outros.

Já o prestador conhece a margem de lucro, as datas para organizar o trabalho, viabilidade e garante os termos do serviço. O ponto principal é não gerar dúvidas entre as partes. 

O que o orçamento precisa para atrair clientes

Um bom orçamento de serviços precisa levar em conta a clareza e objetividade na elaboração. Como dissemos, é necessário evitar dúvidas tanto para o prestador quanto para o cliente. Assim é possível seguir para o próximo passo: a assinatura do contrato.

Separamos algumas dicas para montar um orçamento de serviços eficiente. Não é nada difícil, mas vai exigir algumas mudanças, tempo e observação, mas o foco está no aprimoramento.

Confira:

Informações essenciais

São dados que não podem faltar em um orçamento de serviços. Existem outras informações que devem estar no documento, além do valor:

  • Dados da empresa (razão Social, CNPJ, endereço, etc.);
  • Dados do cliente (razão social, CNPJ, endereço, etc.);
  • Detalhes do serviço (o que será feito/onde será feito/etc.);
  • Procedimentos que serão realizados (métodos/como funciona esse método/porque usar esse método/etc.);
  • Cronograma de Execução;
  • Investimento;
  • Data de produção/entrega

Defina o trabalho de forma detalhada

Para que não haja dúvidas tanto para o prestador quanto para o tomador, é importante descrever com o máximo de detalhes todos os serviços que serão realizados. 

Não caia na armadilha do óbvio. Mesmo que você já tenha explicado o serviço para o cliente é importante repetir no documento todos os pontos e detalhes. Não deixe passar nada do que foi conversado. Garanta também que o contratante leia antes de fechar o negócio.

Se possível, exemplifique como as entregas serão realizadas, quantas horas cada atividade levará e quais serão as técnicas ou softwares utilizados durante o desenvolvimento do projeto.

Não dê margem para o erro ou equívoco na interpretação pelo cliente.

Regras, condições e outras informações adicionais

  • Multas e juros;
  • Política de cancelamento;
  • Condições de trabalho;
  • Cobranças referentes aos possíveis serviços extras.

Prazos

Deixe claro quando o serviço começa e termina. A organização conta muito nesse momento. Por isso, entenda muito bem como funcionam os seus horários.

 

E olha essa dica:  inclua também o tempo de validade do orçamento. O Código de Defesa do Consumidor estipula que o prazo de validade de qualquer orçamento de serviço deve ser de 10 dias contados a partir do recebimento do documento pelo cliente.

Deixe claro as condições de pagamento

Especifique as condições de pagamento. Caso seja possível, deixe claro em quantas vezes é possível dividir, se aceita cartões, cheques ou boleto bancário, formas de desconto à vista, etc.

Use a tecnologia na hora de montar o orçamento

Muitos prestadores de serviço ainda utilizam papel e caneta para o orçamento. Se você é um deles, preste atenção nessa dica. Existem softwares que além de automatizar a emissão de orçamentos ajudam a manter informações precisas de cada um, valores, clientes, caixa, entre outros. Ele se torna um banco de dados.

Não quer contratar uma ferramenta por enquanto? Sem problemas. No seu computador é possível criar planilhas ou pegar modelos na internet e centralizar todos os dados. O importante é informatizar e agilizar o seu trabalho. 

O que evitar

Você viu alguns pontos essenciais na hora de montar um orçamento. Ele deve transmitir seriedade, profissionalismo e segurança para o cliente. Por isso, atente-se ao que pode se tornar um erro na elaboração do documento. Veja o que evitar:

  • Exagerar nas informações (frases, mensagens, avisos desnecessários, etc.);
  • Exagerar nas cores utilizadas no design do orçamento;
  • Tenha um valor padrão para cada serviço e uma margem de desconto;
  • Não precisa cobrir o valor do seu concorrente se ele não oferecer a mesma qualidade;
  • Múltiplas páginas;
  • Falta de objetivo;
  • Informações de difícil leitura e entendimento;
  • Formatos diferentes ou que exijam softwares específicos para abrir o arquivo.  

Pronto para formatar o seu orçamento? Você pode se aprofundar no assunto com o curso “Como montar um orçamento de serviços eficiente?” do Parceiro da Construção.

Aproveite para se inscrever gratuitamente clicando no banner abaixo: