Você sabia que a estratégia usada por celebridades pode ser uma alavanca de vendas para o seu negócio? O Marketing Pessoal utiliza ferramentas do marketing tradicional para a promoção do indivíduo. Isso quer dizer que você se torna referência no assunto e, consequentemente, as pessoas se sentem atraídas a comprar.

A promoção pessoal propõe ganhar mais visibilidade e reputação para o negócio. A partir disso, constrói-se uma audiência qualificada de pessoas que querem comprar de você, além de atrair novos negócios para a sua empresa.

Essa tarefa, produzida principalmente a partir dos meios digitais, fortalece o nome e a imagem do profissional, ajudando até em momentos de crise. A autoridade é sempre referência, mesmo em momentos difíceis.

O importante é entender que a sua imagem está ligada diretamente ao profissional e à empresa. Quando o pessoal é bem desenvolvido e todo mundo entende isso, a marca tende a ganhar ainda mais relevância, já que alguém de competência e autoridade a representa.

Trabalhando o Marketing Pessoal

Você deve ter percebido o quão importante é desenvolver o Marketing Pessoal a fim de estabelecer uma relação de autoridade no assunto. Dessa forma é possível aumentar as vendas, já que o público conhece bem a figura por trás de uma empresa ou serviço.

Proposta Única de Valor

O primeiro passo para trabalhar o Marketing Pessoal é construir a sua Proposta Única de Valor. Basicamente, é o fator que vai dizer o que você faz de diferente da concorrência. O que será que você entrega e os outros não?

É hora de colocar no papel e começar a pensar. Como você ajuda o seu público a agregar valor? Qual ou quais as principais dores que você procura sanar? Reforce o seu valor e descreva o seu diferencial competitivo.

Essa é uma fórmula simples, mas que deve ser pensada e estudada muito bem. Precisa ser dita de cabeça, com confiança e sem dúvidas daquilo que você faz.

Olhe para os lados

Quando um negócio começa, normalmente há um estudo sobre a concorrência, mercado, o que os consumidores procuram, como compram, e por aí vai. O Marketing Pessoal também deve seguir essa premissa de “olhar para os lados”, também conhecida como a técnica do rapport.

Um bom começo para estruturar a sua imagem pessoal é olhando quem faz direito, quem estabelece um papel de liderança admirável. Liste profissionais que você admira e que desempenham um bom trabalho de marca pessoal, dentro e fora da área.

Faça uma análise dessas pessoas que são vozes, como se comportam e estratégias do tipo:

  • Quais canais digitais utilizam;
  • Com que tipo de tom se comunicam;
  • Como segmentam seu público;
  • Que tipo de conteúdo produzem, a cadência, dentre outros;
  • Como rentabilizam a audiência.

O segredo em observar é se perguntar como essas pessoas se destacam na área em que atuam. Pense nas estratégias, no comportamento, tom de voz, a relação com a marca e leve em conta o exame que propomos acima. Assim você também pode começar a pensar e treinar estratégias de promoção pessoal. 

Estratégias para melhorar sua marca pessoal

O ponto principal do Marketing Pessoal é lembrar que pessoas compram de pessoas, por isso é importante pensar na marca pessoal em conjunto com a empresa. Muitas marcas são lembradas por indivíduos que são vozes dentro delas. Um atendimento ruim já é pretexto para o cliente não voltar, e pior, ser um propagador dessa experiência.

Então, crie uma relação de confiança e segurança com a pessoa física. Esse consumidor, se bem cuidado, transfere essa confiabilidade para o produto, serviço ou marca.

Estar onde o seu público está é ter uma proximidade especial e estratégica. Quem decide onde quer comprar e ser atendido é o cliente, não o lojista. Não perca espaço para o seu concorrente e nem deixe de estar próximo.

Como alguém pode desenvolver o Marketing Pessoal e não estar onde o seu público está? Então, estude onde o seu cliente prefere tirar dúvidas ou fazer negócio. Seja solícito e esteja perto.

Outra estratégia é fazer networking. Essa é uma das mais importantes alavancas de crescimento com as quais você pode contar. Cultive relacionamentos, pois eles certamente produzirão frutos. 

Manter contato e gerar valor são significativos e melhoram a marca pessoal. Lembre-se de que você também precisa de pessoas. É uma troca. Utilize a internet para produzir materiais de qualidade e aproveite para se relacionar com pessoas que influenciam positivamente. 

Presença digital – dicas

Esse é um módulo bônus, no estilo dicas. Para que a sua marca pessoal seja promovida é preciso alguns cuidados como você tem percebido. A internet é um ótimo meio para crescer e espalhar conteúdos relevantes e marcar território.

Confira essas dicas especiais para aproveitar o meio digital e levar o seu nome e trabalho para mais pessoas.

Confira:

Consistência

  • Tenha fotos profissionais;
  • Identidade visual nas redes e demais materiais;
  • Presença nas Redes Sociais;
  • Site profissional com o seu nome.

Credibilidade

  • Colha depoimentos do público;
  • Tenha recomendações das pessoas que compram de você;
  • Apresente seus clientes e portfólio;
  • Histórico de resultados.

Pessoal x profissional

  • Vida profissional e pessoal se misturam na internet;
  • O público quer conhecer suas realizações profissionais, mas também seu lado pessoal – isso gera identificação.
  • Cuidado com o que você publica – uma vez postado, será muito difícil apagar de vez.

Conteúdo

  • Produza conteúdo de qualidade;
  • Sempre vai ter alguém que precisa do seu conhecimento;
  • Invista em blog e Redes Sociais;
  • Esqueça a vergonha e comece com o que você sabe e no formato que mais se identifica.

Pronto para começar a cuidar da sua imagem? Afinal é o que mais importa! O Marketing Pessoal pode abrir portas e te levar a outro patamar profissional. Seja autoridade, gere conteúdo e cative pessoas por meio do seu trabalho.

Quer aprender mais? Não perca o novo curso gratuito do Parceiro da Construção sobre Fundamentos do Marketing Pessoal com Raphael Lassance. Clique no banner abaixo e inscreva-se.